Artistas de Iporá trazem mensagem de esperança em teatro infantil gravado na cidade

03/01/2022
f7db704b-6029-4a9c-b52b-ab71ca96051d03012022.jpg

No primeiro dia de 2022, foi divulgado o prólogo do espetáculo Quilombo Encantado, Teatro Infantil para todas as idades, com muita Música e Dança. A produção conta a estória do Portal da Esperança, que é aberto ao fim de cada ano ligando a Terra ao Quilombo Encantado, um reino mágico banhado a ouro que tem o poder de devolver a esperança para aqueles que a perderam.


Nessa estória de aventura, o Quilombo Encantado é povoado pelos negros um dia escravizados no garimpo de ouro, que encontraram e atravessaram o Portal da Esperança e se tornaram seres encantados. Um desses seres é a Velha da Árvore, uma maga que a cada ano novo convida alguém que perdeu a esperança a reencontrá-la. Em 2022, este convite é feito à menina Dandara, que perdeu a mãe na pandemia. Dandara aceita o desafio e passa a trilhar uma jornada de superação de seus sete maiores medos, em sete atos que serão divulgados nestes primeiros dias de 2022 nas mídias sociais.


O espetáculo foi gravado na instalação artística Sete Tons de Esperança, montada em Iporá-GO pelo segundo ano consecutivo como homenagem e memória às vítimas da pandemia na cidade. O evento cultural nasceu como proposta de levar um pouco de leveza ao contexto de luto pelo qual a humanidade passa. Um dos ambientes da instalação que teve início dia 24 de dezembro de 2021 é o Vale da Saudade, trabalho de Artes Visuais que utilizou 146 máscaras, em referência a cada uma das vítimas na cidade. As referências à pandemia também são encontradas em outros ambientes do evento, como no Recanto das Memórias, composto por elementos das Folias de Reis, onde é feita uma homenagem ao Mestre Simeão, mestre de folia e uma das vítimas da pandemia em Iporá. E também no Rio das Lágrimas, que convida os visitantes a superarem suas tristezas e deixarem recados de esperança às margens do rio cênico. Este e outros ambientes interativos construídos especialmente para as crianças podem ser conferidos até dia 5 de janeiro.


Tanto a instalação artística Sete Tons de Esperança, quanto o espetáculo Quilombo Encantado, são repletos de referências à cultura popular e à origem negra do povo do Oeste Goiano, onde moram o elenco e todos os profissionais de produção cultural envolvidos no projeto. A estória do povo negro escravizado que encontrou nesse reino mágico formas de curar suas dores e de encontrar esperança inspira a menina Dandara do espetáculo e todos que o assistem a renovar suas próprias esperanças neste ano que se inicia.


Com Walquíria Wal no papel de Velha da Árvore, Roseli de Assis como Dandara e os músicos Eros Guimarães, Gilson Catiara e Lucas Roberto interpretando a Banda de Lá, o espetáculo Quilombo Encantado é uma produção da Toca e da Imagine Filmes. A instalação Sete Tons de Esperança contou com a colaboração da artesã Pamella Barros e teve produção executiva da também artesã Cida Barros, produção de comunicação de Adriane Marques, direção executiva de Roseli de Assis e direção de arte de Eros Guimarães.


A instalação segue aberta à visitação até dia 5 de janeiro, no cruzamento da Av. Minas Gerais com a Rua Joaquim Lucas, no centro de Iporá-GO. A entrada é gratuita e o horário de visitação é das seis da tarde à meia noite. Os vídeos do espetáculo já começaram a ser disponibilizados nos perfis da Toca no Instagram e no Facebook: @tocaenergiacriativa.

O que achou dessa Notícia?
16 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente