Morre um dos mais entusiastas em defender nossas tradições culturais

01/10/2021
dorivaldo-lourenco-de-oliveira-ipora01102021.jpg

Na manhã desta sexta-feira, primeiro de outubro, veio a óbito um dos iporaenses que era dos mais entusiastas em defender a folia de reais e demais tradições desta terra.


Dorivaldo Lourenço de Oliveira, aos 68 anos, veio a óbito em Goiânia, onde no Hospital Araújo Jorge tratava de um Câncer no pulmão. Ele teve Covid. Após se livrar do vírus da pandemia, passou a ter esse Câncer. 


Seu corpo foi transladado para Iporá para um velório que ocorreu no Salão da Pax Bom Fim, em frente ao cemitério, a partir de 6 da manhã deste sábado até às 10, quando foi sepultado. 


Esse membro da família Lourenço foi folião e, desde 1959, fez um levantamento sobre o assunto, o qual se tornou o livro "Folia dos Lourenços", publicado por ele. 


Desde alguns anos, após a morte do seu irmão José Lourenço (Zezão), se tornou o embaixador desta folia de reis. Foi também um dos fundadores da Acafi (Associação dos Catireiros e Foliões de Iporá). 


Além da atuação na cultura popular, Dorivaldo Lourenço de Oliveira foi produtor rural e comerciante. Deixa a viúva Marisa e os filhos Ivan Lourenço e Júnior Lourenço.

O que achou dessa Notícia?
21 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente