Oxalá a Vila Natalina se repita todos os anos em Iporá

03/12/2013
vila-natalina-20.jpg

Aconteceu em grande estilo! Deixou um gosto de quero mais! Já cobram da empresária Silvânia Oliveira, diretora da Pinta e Borda (Faculdade da Arte) que se repita anualmente o que aconteceu no último final de semana, na quadra 56 da Rua Esmerindo Pereira, centro de Iporá, entre as avenidas Pernambuco e Pio XII.


Foi levada a efeito a VILA NATALINA. A cidade não tinha tido uma experiência destas. Foi lindo! Silvânia Oliveira mobilizou muitos para essa comemoração natalina. Contou com apoio geral de seus visinhos comerciantes da quadra 56.


Teve a parceria da decoradora Cida Barros. Lucas Welliton, esposa de Silvânia, também contribuiu. Sob tendas, o clima era realmente natalino!  Muitos foram ver a iniciativa diferente e inovadora. Foram  três dias de intensa festa! A VILA NATALINA foi o ponto de encontro das famílias de Iporá e região.


Quem visitou, pode conferir,  além da decoração natalina que renovou o espírito do natal, a casa do Papai Noel e o Poço dos Desejos. Na sexta-feira, 29, a abertura ficou por conta do músico Neivan Muniz. que dividiu o palco com Edvânia Oliveira, cantora e professora de música.


A chuva da manhã de sábado atrapalhou um pouco as visitas durante o dia, pois a decoração teve que receber alguns ajustes, porém não tirou o brilho da noite, que contou com um público estimado de mais de 200 pessoas. A noite de sábado foi abrilhantada com vários espetáculos de teatro, dança e música. Do grupo encantos, surgiu o Musical Luz, que encantou os olhos e os ouvidos de quem esteve presente. Foi um espetáculo lindo que contou com a participação cênica dos atores Roseli de Assis, Jonas e Neta, juntamente com uma nova geração de atores da cidade. Um outro espetáculo que encantou o entusiasmado público foi o musical Quebra-Nozes, estrelado pela dançarina


Ana Caroline (filha de Cida Barros) e Alexandre Ferreira. O sábado de festa também contou com a Farra da Comunidade, um espetáculo montado pelo dançarino e coreógrafo Thiago Jorge, de Goiânia, no Gira Festival de Artes. O grupo Encantos fechou a noite com muito brilho e boa música.


 


Renomado cineasta abrilhantou o domingo


 


No domingo, as atenções foram todas voltadas para o telão montado na VILA NATALINA. Um inesperado presente da Secult  (Secretaria de Cultura do Estado) veio a Iporá especialmente para o evento. Esteve na VILA NATALINA Eudaldo Guimarães, conceituado cineasta goiano. Ele é expressão do Fica (Festival Internacional de Cinema Ambiental). Ele valorizou o evento iporaense. Na tela grande ali montada mostrou o  filme natalino “O Natal dos Mappets” e o curta-metragem “A galinha que burlou o sistema”. Eudaldo Guimarães estava acompanhado pelo escritor Sérgio Kitiniz, ligado a Iporá e também por Vicente de Paula, diretor de transporte da Agência Goiana de Cultural Pedro Ludovico Teixeira (Agepel).   A sessão de cinema fechou com chave de ouro esse evento que com certeza vai ficar pra história de Iporá e região.


A Vila Natalina já deixa muita saudade e quem teve a oportunidade de visitar vai ter registrado na memória por muito tempo, momentos de muita alegria e encantamentos. Iporá inovou. Foram participantes: C&S Speed Informática, Drogaria Evangélica, Vitória Floricultura, Móveis do Povo, Selaria Galopeira, Califórnios, Esplanada Hotel, Seu Stilo moda e acessório, Água de Cheiro, Raízes Lemes,Drogaria Brasil e Top Cell Celulares. Apoiaram o evento: Prefeitura de Iporá, Cida Barros, a Master Som Publicidade, o estúdio DiiJack fotografias, BR Tendas, Oeste Goiano, Casa das Telhas, Tavares Produções e Eventos, Grupo Fuzuê e Gira festival de arte. 

O que achou dessa Notícia?
7 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente