Cogita-se fechar o Senac. Vereador reage acionando as forças políticas possíveis

09/07/2022
senac-ipora-2019-mar09072022.jpg

Senac de Iporá: Desde a década de 90 em atividade

Em um tempo quando Iporá tem perdido a condição de sede de órgãos públicos importantes, agora é a unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) que está na berlinda. 


Fala-se em fechar esta importante escola profissionalizante. Mas uma reação ao que se cogita já está em andamento através do vereador Carlos Eduardo Mendes Alencar (Dudu), o qual aciona as forças política às quais tem contato e com as quais podem contar numa ação articulada. 


Leopoldo Veiga Jardim, diretor do Senac e Sesc em Goiás, já foi cobrado para que não tome esta decisão que seria danosa para Iporá e municípios da região que se servem deste órgão regional sediado em Iporá, no mesmo quarteirão do Terminal Rodoviário. 


Um ofício assinado pelo vereador Carlos Eduardo e pelo deputado Karlos Cabral foi entregue nesta sexta-feira, 8, a maior autoridade do Senac em Goiás. No documento, já é apontada a redução de atividades da escola profissionalziante neste período pós pandemia. 


Sabe-se que, ultimamente, vários cursos já deixaram de ser ministrados no órgão, funcionários foram desligados, restando somente quatro e laboratórios foram desativados, além de algumas mobílias retiradas do prédio. 


Aguarda-se por manifestação do Senac e que seja satisfatória, diferente do que se aparenta no momento. E espera-se também que todas as forças políticas de Iporá atuem para impedir esta perda. 


É o seguinte a correspondência que chegou ao Diretor Estadual do Senac: 



O que achou dessa Notícia?
6 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente