Interdição de ponte sobre o Rio Claro converge motoristas para uma travessia em outra ponte mais distante e em situação precária

22/11/2021
ponbte-sobre-o-rio-claro22112021.jpg

A interdição da ponte sobre o Rio Claro que está em obra nas imediações do povoado de São Sebastião do Rio Claro (Mandioca Assada) leva os transeuntes a buscar travessia em uma outra ponte, bem mais acima do rio e não mais na divisa de Iporá com Moiporá e sim na fronteira de terras iporaense com o município de Ivolândia.


Mas a ponte que se apresenta como alternativa para travessia entre os dois lados de um dos maiores rios da região está em precárias condições. Assim relatam motoristas, enfatizando que estão percebendo até risco na mesma, com buracos no tablado, tábuas soltas e vigas com sinais de dano que podem ser vistos por quem olha por debaixo da mesma. 


Sem a alternativa da ponte interditada, o tráfego na ponte de proximidades do povoado de Pedrolândia se intensificou, o que faz danificar mais rapidamente sua superfície de madeira instalada sobre as colunas de cimento.  Um dos transportadores de alunos que faz a travessia, Odair Martins de Lorena, disse que depois de perceber os danos, não vai mais colocar seu ônibus sobre a mesma; prefere juntar alunos de um lado com seu carro de passeio e deixar seu ônibus do outro lado, com os estudantes a atravessá-la a pé.


Fotos mostram que a mesma está realmente com sinais de precariedade. Mas a reportagem quis ouvir os dois prefeitos sobre a ponte da divisa de municípios. Naçoitan Leite, de Iporá, disse para a reportagem do OG que estão cuidando de uma ponte de cada vez. Primeiro vão concluir a ponte das proximidades da Mandioca Assada. Depois vão cuidar da outra, mas diz que pretende recuperá-la com recursos a serem enviados pelo senador Vanderlan Cardoso. 


Do prefeito de Ivolândia, Valdesson Junior, ouvimos ele afirmar que tem conhecimento sobre o problema e ainda nesta semana uma equipe de sua gestão vai avaliar a situação e ver o que precisa ser feito no madeiramento. Afirma que, pelo menos no lado do município de Ivolândia, vai fazer o que for preciso. Ele também afirma que espera recursos do senador Vanderlan Cardoso para uma reforma na ponte que seja mais estrutural e definitiva. Pouco tempo atrás, Vanderlan Cardoso, senador filho de Iporá, visitou aquela travessia e constatou in loco a precariedade da mesma. Perante os dois prefeitos, prometeu recursos de emenda parlamentar para essa finalidade. 

O que achou dessa Notícia?
7 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente