Média de 2 pessoas/dia são multadas por deixar água servida ir às ruas

22/07/2021
agua-servida-pelas-ruas-e-multa22072021.jpg

Em Iporá, a gestão municipal continua fazendo valer uma postura mais rígida com relação a exigência de que moradores cumpram o que prevê o Código de Posturas do Município.


Nesse sentido, as frequentes águas servidas que vão às ruas e avenidas são foco de olhar fiscalizador mais rígido. Ao Departamento de Fiscalização, agora melhor aparelhado com material humano, o prefeito Naçoitan Leite deu apoio para que cobrem dos moradores que águas servidas não sejam expelidas para logradouros públicos. 


Nessa mesma linha de postura mais rígida, o prefeito já colheu bons resultados quanto a exigência para que os iporaenses donos de lotes vazios, mantenham estes com limpeza. Várias multas aplicadas, inseridas em Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), trouxe a mudança de conduta, mais limpeza, condições mais saudáveis quanto a Dengue e mais segurança. 


Mais recentemente, multas estão sendo aplicadas para os que deixam águas servidas saírem de seus quintais e irem às ruas. Uma média de 2 pessoas por dia são multadas em Iporá por descumprir este ato ilegal previsto no Código de Posturas. 


Desde 60 dias atrás, a fiscalização tem agido nesse sentido. Segundo Ivair Queiroz, da área de fiscalização, a motivação inicial para se exigir que águas servidas não vá às ruas, é que estas estragam muito a malha asfáltica. Mas agora o fiscal acrescenta um outro fator: o período de estiagem chega com a recomendação de economia no consumo de água. 


Desde muitos anos uma falta de fiscalização permitiu que estas águas servidas provoquem muitos estragos no asfalto, além de eventual mal cheiro e outros transtornos. 


A multa que a fiscalização tem aplicado em Iporá é no valor de 390 reais para os da área residencial. Quanto a empresas que cometem a infração são  630 reais de multa.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.