Prefeitura não vai bancar portões abertos da Pecuária, avisa prefeito

27/06/2013
danilo-gleic-alves-dos-santos.jpg

Danilo Gleic, prefeito de Iporá, anunciou na imprensa que a Prefeitura não vai bancar a bilheteria da 28ª. Exposição Agropecuária para fazer com que os portões sejam abertos ao público para os shows programados. O prefeito recusa-se a atender ao ofício do presidente do Sindicato Rural, Amarildo Martins, no qual pede apoio para a realização da festa. O evento está orçado em um custo de quase um milhão de reais. Amarildo disse à esta reportagem que esperava da Prefeitura um certo apoio.


Por sua vez, Danilo Gleic diz que não acha justo gastar quase um milhão de reais com a festa, a fim de que os portões sejam abertos. Na entrevista, ele chama a imprensa e o povo à reflexão, com um questionamento: “será que é o momento da Prefeitura gastar quase um milhão com a festa?”, pergunta o prefeito. Na sua entrevista, Danilo admite que anteriormente foi dito pelo seu grupo político que os portões seriam abertos. “Mas não foi possível”, disse ele. Danilo diz que o presidente do Sindicato agiu de forma precipitada ao elaborar sua grade de shows, não compartilhando as decisões.


Danilo afirma que na área de lazer a sua gestão tem cumprido o seu papel. E quanto à Exposição Agropecuária diz que haverá ajuda da Prefeitura naquilo que for possível. Ele afirma que enquanto estiver acontecendo a festa, a Prefeitura vai estar fazendo asfalto, recuperando ruas, podando árvores e pintando a cidade. A exposição agropecuária vai acontecer entre os dias 23 e 28 de julho. A promoção é do Sindicato Rural de Iporá/Diorama/Israelândia. O presidente da entidade, Amarildo Martins, está em busca dos apoios para a realização do evento.

O que achou dessa Notícia?
20 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

28 comentários

  • JOSÉ LUIZ DE ANDRADE 30/06/2013

    Sivaldo Pereira Cardoso. Você está enganado sim. A questão aqui, são as promessas enganosas dos politicos, e não a entrada gratis. O que for prometido tem que ser cumprido. E o povo precisa aprender a avaliar a promessa. Não o povo não tem a capacidade de votar por uma entrada gratis. Mas acredita em falsas promessas. Tanto é verdade que o povo elegeu o Naçoitan. e a justiça eleitoral elegeeu o Danilo.
  • Silvana Paula 30/06/2013

    É engraçado isso,na hora de prometer eles não pensaram no que estariam fazendo com o dinheiro publico agora estão preocupados?é ridículo isso!
  • Eurípedes Pereira da Silva 30/06/2013

    Parabéns prefeito, o dinheiro público, tem que ser usado é para o bem comum e não para franquiar entrada em qualquer evento. E olhe que se eu morasse em Iporá não teria votado em você.
  • Adalberto Souza 29/06/2013

    na hora de prometer e facil agora so da isso
  • Drykàáh Monteiro 29/06/2013

    Apoio a decisão do prefeito.
  • marcos gonçalves lino de oliveira 28/06/2013

    Oque me deixa mais contrariado e que prometeu e nao cumpriu, e nao cumprira nada, e outra este presidente do sindicato rural de Iporá esta usando o cargo pra se auto promover e ser um suposto candidato a deputado estadual ......agora sabemos nos que usar Iporá como "curral"eleitoral muitos querem , mas depois fazer algo por nossa cidade nenhum faz nada.....e vai ficar que nem a atual gestao , ele vai canditatar a deputado infelismente o povo esquecer e vota nele ,depois nunca mais o veremos a nao ser no final dos 48 meses de gestão kkkkkkkkkkkkkkkkpedindo o voto novamente , Iporá deve acordar nao somente para observar o atos da gestão municipal e sim de todos candidatos que vem aqui pedir votos..............
  • Kaique S. Oliveira 28/06/2013

    Reclamam pelos altos gastos com o Carnaval porque Iporá precisa de Asfalto, Saúde, Educação... agora reclamam porque o Prefeito não quer bancar a Pecuária, vai entender!
  • Otávio Itacaramby 28/06/2013

    Prefeitura tem que investir em educação, saúde, comprar maquinário, tapar os buracos das ruas e não patrocinar entrada em festa de pecuária.
  • Sivaldo Pereira Cardoso 28/06/2013

    É engraçado, por isso, que Iporá está atrasada em mais de 2 (duas) décadas, pois, o povo tem a capacidade de votar por uma entrada grátis em uma exposição agropecuária, digo isso, pelo que pode perceber alguns comentaristas estão cobrando "portões aberto" ou estou enganado. Iporá e o Brasil jamais será desenvolvido enquanto houver votação em bolsas quase tudo, passe livre, favores, cargos e outras coisas mais. O povo deveria manifestar por uma reforma política onde a pessoa pudesse se eleger apenas uma vez para cada uma das profissões políticas existente (vereador, prefeito, deputado, governador, senador e presidente). O salário do político deveria ser no máximo o valor da renda mensal do eleito. Servir o País deve ser uma obrigação e não uma profissão. Enquanto o povo não aprender cobrar e votar, nada será mudado.
  • JOSÉ LUIZ DE ANDRADE 28/06/2013

    ONDE SE LÊ ERA O CANDIDATO LEIAM NÃO ERA O CANDIDATO

Comente