Comunidade Quilombola se reuniu por ocasião da data de conscientização negra

18/11/2021
n-capa-219112021.jpg

A cidade de Iporá tem um grupo denominado Comunidade Quilombola Pilões e que mantém as movimentações no combate ao racismo. 


Por ocasião da data de Conscientização Negra, esse grupo fez um evento. A data alusiva a Conscientização Negra é em 20 de novembro. O evento marcado para Iporá foi no dia 18, quinta-feira, véspera. 


A Comunidade Quilombola Pilões de Iporá fez um evento de café da manhã, denominado Diálogo com Sabor. 


Foi às 9 horas na sede provisória desta entidade. O endereço foi na Rua Havana, Chácara Limeira, na Vila Brasília. 


O encontro foi na residência da presidente da entidade, Sebastiana Roberto Martins (Tianinha Pilão).


O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 como efeméride incluída no calendário escolar — até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12 519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro através de decretos estaduais. Em estados que não aderiram à lei a responsabilidade é de cada câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município.


A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista. O Dia da Consciência Negra é considerado importante no reconhecimento dos descendentes africanos e da construção da sociedade brasileira. A data, dentre outras coisas, suscita questões sobre racismo, discriminação, igualdade social, inclusão de negros na sociedade e a cultura afro-brasileira, assim como a promoção de fóruns, debates e outras atividades que valorizam a cultura africana.

O que achou dessa Notícia?
23 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente