Câmara de Iporá: Rua Lajeado passa a chamar Rua Ananias Rocha Neto

15/07/2022


O presente Projeto de Lei visa demonstrar respeito e admiração pelo senhor Ananias Rocha Neto.


Ananias começou a trabalhar junto ao seu pai muito cedo, com 11 anos de idade como encanador, logo depois, com 14 anos a pedido de seu pai, virou aprendiz de eletricista, trabalhando com o senhor Donizete. Com 17 anos de idade, foi contratado pela empresa Monte Cristo, prestadora de serviços elétricos para Celg. Aos 18 anos, cursando o último ano do secundário, no colégio Elias de Araújo Rocha, por ter vários amigos e ter honestidade como sua maior virtude foi eleito pelos colegas de turma como Presidente da comissão de formatura, onde realizaram festividades como o ranchão na tradicional festa de maio. Também fez algo inédito na época, uma rifa de uma moto 0 km.


No dia 18 de março de 1992, Ananias passou no concurso da Prefeitura de Iporá para eletricista, junto com o amigo Rubão. A diferença de Ananias foi marcada por onde passava, sempre fazia boas amizades, com seu jeito de sempre ajudar o próximo. Em 1994, conquistou o almejado sonho: prestou concurso da CELG, onde se classificou em primeiro colocado. Em 1995, Ananias se casou com Solange Lacerda Silva Rocha, no qual tiveram dois filhos, Vinícius Lacerda Rocha e Felipe Lacerda Rocha. Ananias foi eleito presbítero na igreja Presbiteriana de Iporá. Trabalhou na CELG por 27 anos, onde teve várias propostas para deixar Iporá e ser transferido para Catalão, Itaberaí e Goiânia, mas sempre decidiu ficar em Iporá, cidade que amava de paixão.


Ananias sempre ajudava pessoas em vulnerabilidade social. Em 2018, foi chamado para ser padrinho do projeto social PENSE NOVO, que aceitou com muito carinho. Deixou um legado de bons ensinamentos, de amor ao próximo, honestidade, respeito e fé.


Em 06 de março de 2021, falece por consequência da terrível pandemia que passamos, porém por onde passou, cultivou amigos e fez o bem.


 

O que achou dessa Notícia?
4 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente