Alunos da comunidade do Bugre visitam o Festival Suave Mente

02/06/2022
capa02062022.jpeg

O espaço cultural Toca, recebeu na manhã desta quarta, 1º de  junho, a visita dos alunos da professora Paula Regina Moraes, da Escola Professora Odete Carvalho Ataídes, da comunidade Bugre.  Vestidos com as cores da mandala do evento Suave Mente, Festival de Arteterapia, eles tiveram um encontro emocionante com o artista plástico Miro Souza, autor da mandala de 10 metros de diâmetro, pintada no asfalto em frente ao espaço. 


Mas esta participação ativa no Festival começou muitos dias antes, com a pintura de mandalas que foram expostas na árvore central que abriga a grande mandala, compondo um cenário de interação entre gerações e um só objetivo, demonstrar a importância da apreciação da arte que informa, une e cura. “Estou muito emocionado, talvez não me lembre de quando me emocionei tanto da última vez. Ver estas crianças fascinadas com a grande mandala que construímos e me fazendo perguntas de como a desenhei e pintei, me fez pensar em toda a minha história como artista. Difícil resumir em palavras a emoção que me toma neste momento”, diz emocionado  o artista plástico Miro Souza. 


As crianças não escondiam o fascínio pelo trabalho do artista Miro Souza e o aluno do 2º ano, Carlos Eduardo Queiroz, de 7 anos, conta a sensação que teve ao ver sua mandala exposta na árvore da grande mandala. “Achei muito legal sentar no sofá da Toca. Eu queria ficar lá. Gostei das cores da Toca iguais da nossa roupa e até das cores da mandala. Gostei do lanche, da lembrança que ganhamos, das pessoas da Toca. Eu gostei muito também de conhecer seu Miro. Pedi prá ele me explicar como desenhou e pintou uma mandala tão gigante”. 


“Sem palavras. Perdi a atenção das crianças já quando elas viram (ainda dentro do ônibus) as  mandalas deles penduradas na árvore da Toca. Já desci engasgada de tanta emoção. Gratidão me resume! Gratidão à Deus por tanto e por tudo! Gratidão por cada vida envolvida nesse projeto magnífico. Tudo ficará guardado na nossa memória, da memória afetiva de nossos pequenos e sobretudo em nossos corações”, conta Profª Paula Regina.


Guilherme Vanderley, de 6 anos, conta que sua família já conhece as obras do artista Miro. “Foi muito legal ir lá, conhecer o seu Miro porque minha vovó Eliane tem um  quadro dele em casa e me contou que já o conhecia. Eu perguntei se ele sujou muito de tinta prá pintar tudo isso aqui. E se a mulher dele não brigou por ele chegar todo sujo de tinta em casa”, enfatiza.


PROGRAMAÇÃO


Todos os dias o Festival, até dia 04 de Junho, das 19h às 23h, está aberta à visitação a Mostra Fotográfica Suavidade em Qualquer Idade. Diariamente, também até dia 04,  às 21h, acontece o “Sofá da Toca”, podcast que é transmitido pelo perfil da Toca no Instagram e pelas rádios Educativa FM e Nova Onda FM, com apresentação de Eros Guimarães e Lizi Dalenogari, assessora de imprensa do evento. No podcast, artistas, profissionais parceiros do evento e público ampliam as reflexões e os sentidos que o evento propõe.  


Neste sábado, dia 04, acontece o “Luau Suave” às 20h, encerrando o festival, na Toca, com apresentações de, artesanato, dança, teatro, música e poesia. Subirão ao palco os artistas Walquíria Wal, Murillo Eduardo, Daya Gomes, Cida Barros, Roseli de Assis e Wívian Borges. Uma noite para celebrar o Festival e ampliar as possibilidades terapêuticas das Artes em diferentes linguagens.  


O projeto Suave Mente foi contemplado pela Lei de Incentivo à Cultura Aldir Blanc, em edital da Secretaria de Estado da Cultura de Goiás – Secult. 


FICHA TÉCNICA 


Festival de Arteterapia Suave Mente 2022


Direção de Arte: Eros Guimarães 


Produção Executiva: Walquíria Wal 


Produção Artística: Lizi Dalenogari e Roseli de Assis 


Produção de Comunicação: Adriane Marques 


Assessoria de Imprensa: Lizi Dalenogari


Apoio à Produção: Laura do Planalto

O que achou dessa Notícia?
14 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente