Opinião

Em memória de quem não se calará jamais!!!

Renato Castro
20/06/2022


Eu chamo a força que há no universo!

Clamo pela mãe Terra

A abundância do existir

Concentra em meu ser o ir e vir dos acontecimentos

E direciono o meu pensar pelo outro – Meu irmão!

Respeito seu pensar: Desejo somente, respeitem o nosso imaginar

Eu chamo nosso milenar existir

Onde repousam os imortais

Que de suas ancestralidades persistem

O bem querer do reflorescer

Reflorescer...

Reflorestar, proteger, plantar e replantar

Colher para coexistir

Nas linhagens do amor matriz

Do abraço do homem das águas

Onde reinam os sentimentos de unidade

Onde tudo está na liberdade da lua

Em sua magnitude das cheias em que a vejo

Na sutileza dos campos trabalhados

Das águas doces, do peixe, da comida farta 

E das gentes pequenas – curumins...

Eu clamo a força da Terra – Mãe!

Que motiva e que anela

Na voraz verdade de sempre um novo dia

Um novo tempo, melhor...Para todos nós!

 

17/06/22

Renato Castro

Renato Castro é historiador – Licenciado pela Universidade Estadual de Goiás/Campus Iporá.

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!