Oeste Goiano Notícias, mais que um jornal.
Oeste Goiano Notícias, mais que um jornal.

PUBLICIDADE:

Por boa conservação de estradas e sem lixo em suas margens

Cada dia mais torna se necessária a conscientização da população para que cheguemos próximo ao mínimo de termos uma preservação de qualidade e também de quantidade, sabe-se infelizmente não é essa a realidade, quanto mais o tempo passa menos preservamos, e isso é algo real, não precisamos nem sair de nossas casas para deparar com essa situação.

Enfocarei neste artigo, como em outro anterior editado há alguns anos atrás, sobre o descarte de lixo domestico nas rodovias vicinais que dão saída para a zona rural do nosso município, do artigo anterior a este se passaram em torno de cinco anos e não vi mudança nenhuma na atitude dos moradores de Iporá, que usam dessas rodovias para esconder o seu lixo. Quando falo de lixo falo de lixo doméstico, galhadas de árvores, resto e construção e chegamos ao absurdo de resto de osso de gado e de animais mortos.
O meu foco será o da rodovia que dá acesso ao povoado do Jacinópolis, onde tenho propriedade.

Diariamente, quando me desloco para ir à cidade, vejo o absurdo de tanto lixo descartado em locais onde deveria ser vegetação preservada, mas não é isso que presencio. Fico incomodado com essa situação e depois de ver tantos absurdo, onde o cidadão com uma sacola de lixo para seu carro pra jogar fora no meio ambiente àquilo que ele não quer mais em sua residência ou propriedade rural, faz-se o inverso daquilo que é o certo que é descartar em local onde possa ser recolhido pela prefeitura.

Mediante a essa situação rotineira e na busca da solução para que essas atitudes erradas tenham um fim e poder andar em uma rodovia onde não se encontre mais esses lixos, vi a necessidade de criar uma situação a qual seja coibido na sua totalidade esse desrespeito com o meio ambiente e a educação ambiental. Unindo a recuperação da rodovia da saída do Setor nova Iporá até o Jacinópolis, me juntei às Associações dos pequenos produtores do Jacinópolis, Associação dos Heveicultores e mais alguns produtores rurais locais e fizemos um ofício dirigido a Prefeitura Municipal de Iporá, no mês de Julho de 2023, onde solicitamos que fosse formatado um convênio com a Goinfra para a liberação da Patrulha Rural no ano de 2024 e sendo esse convênio através do processo n° 202300036010091 – processo esse aprovado pela GOINFRA e com previsão do início das obras até o mês de julho deste ano. Esse trabalho será conforme projeto apresentado, onde se levantará a caixa da estrada, e também a criação de caixa de retenção de água e a destinação de uma pista lateral para acostamento e pista para o grande fluxo de ciclista que se desloca da cidade até a zona rural, mas porém o principal que fará dessa rodovia modelo de preservação, será os platores suspensos onde será criado um corredor dos dois lados com a plantação de cerca de três mil mudas de seringueiras, mudas essas que serão plantadas e cuidadas em um período de três anos para sua implantação e manutenção.

É preciso que detectemos os problemas, mas é mais necessário que busquemos a solução, não basta apenas reclamar. Será também recuperado para o frigorífico no final do asfalto da 24 de outubro. E em modelo implantado e visitado por mim em Goiânia, no setor Guanabara, um local onde as pessoas levam suas galhadas, resto de construção e outros materiais descartáveis. Local esse denominado ECO-PONTO, onde semanalmente será recolhido e levado para o aterro sanitário, na altura da caixa de água na saída da Nova Iporá. E na saída do Jacinopolis a colocação de uma caçamba para descarte do lixo domestico e o recolhimento semanal.

Também é preciso criar condições para o menor deslocamento das pessoas, evitando que as mesmas seus lixos para o Aterro Sanitário, devido às condições da rodovia, por isso em outro convenio com a GOINFRA através do processo n° 2023000336013258, foi solicitado à recuperação da Rodovia GO 320, do entroncamento com a GO – 060, até o Aterro Sanitário, através do encascalhamento total da rodovia e já sendo determinada a empreiteira responsável pela sua manutenção o devido trabalho e a mesma aguarda o fim do período chuvoso, para o inicio das obras. Através da melhoria nas condições para o acesso até o local devido do descarte do lixo, acredito que os cidadãos irão pensar antes de descartar o lixo nessas rodovias e espero que com a intervenção na rodovia para o Jacinópolis e outras ações para coibir essas atitudes errôneas, outras rodovias que sofrem com esses lixos sejam também criados o mínimo necessário para o lixo ir para o lixo e não para as margens de rodovias. Isso além de ser a criação de local para a criação do mosquito da dengue, é um crime ambiental, passivo de autuação por parte dos responsáveis ambientais da cidade.

Cada vez mais torna necessária uma política de conscientização através de campanhas educativas e não sendo o suficiente e necessário ações punitivas, mas ainda acredito em uma conscientização da população, não só no descarte, mas na separação e destinação correta dos resíduos produzidos por todos.

Texto de Arnon Geraldo Ferreira, que é presidente da Associação dos Heveicultores de Iporá e Região
Produtor Rural – Heveicultor (Seringueira), presidente da Associação da Classe Contábil de Goiás – ASSCONT-GO, empresário e consultor em Agronegócio e Condomínios, graduado em Ciências Contábeis e pós-graduado em Biodiversidade e Sustentabilidade Ambiental.


.

Compartilhar:

Para deixar seu comentário primeiramente faça login no Facebook.

publicidade:

Veja também:

.

WhatsApp-Image-2024-05-18-at-05.48
Mecanização Agrícola Sustentável: tecnologias e perspectivas
arnon-geraldo-ferreira
A política está no centro de nossas vidas e temos que participar
WhatsApp-Image-2024-04-20-at-19.20
Foco em Franz Kafka: um objeto perdido que persiste?
maercio-martins
Reflexão sobre eleição em Iporá
WhatsApp-Image-2024-03-25-at-14.07
Há precauções necessárias para pagamentos eletrônicos/pix
WhatsApp-Image-2024-05-18-at-05.48
Mecanização Agrícola Sustentável: tecnologias e perspectivas
arnon-geraldo-ferreira
A política está no centro de nossas vidas e temos que participar
WhatsApp-Image-2024-04-20-at-19.20
Foco em Franz Kafka: um objeto perdido que persiste?
maercio-martins
Reflexão sobre eleição em Iporá
WhatsApp-Image-2024-03-25-at-14.07
Há precauções necessárias para pagamentos eletrônicos/pix